Gentle Leader, a solução para os passeios

Vamos combinar, não é difícil ver nas ruas filhos cães “levando” pais e mães para passear. Especialmente quando são de porte médio e grande e não adestrados, os fofos costumam mandar mesmo nos passeios.

Eu tive esse problema com dois dos meus quatro filhotes, o Toddy e o Theo, e consegui solucionar usando um tipo de coleira chamada Gentle Leader.

A aparência não é das mais agradáveis, mas a eficiência é 10. Ela funciona como um cabresto para cavalo, controlando a cabeça do cão e, por consequência, o corpo.

O que acontece é que, por conta da sua anatomia, quando o cão puxa, usando esse tipo de coleira, ele automaticamente vira cabeça para trás, em direção ao condutor. Trata-se de um movimento suave, mas que faz com que ele pare de puxar.

Período de adaptação – Para mim, a parte mais chata da Gentle é o período de adaptação. Dificilmente, o pet aceita a colocação dessa coleira logo de cara por causa do anel que fica em volta do focinho.

Então, antes de sair por aí de Gentle, você terá de fazer um pequeno treino. Pegue um petisco e ofereça ao filho cão por dentro do anel que vai no focinho (eu mostro no vídeo). Faça isso algumas vezes para ele ter uma associação positiva com a coleira. Ou seja, ele começa a associar a “chatice” ter de algo em volta do focinho com uma coisa boa, o petisco.

Depois desse treinamento, comece a fechar a coleira no pescoço e depois coloque a guia. Dê umas voltinhas pela casa mesmo para ele se acostumar e só depois vá para a rua. Você vai ver que logo, logo não precisará mais dar o petisco porque a recompensa por usar a coleira será o próprio passeio.

Segundo o fabricante oficial, para ajustar, você deve deixar a tira do focinho solta, enquanto aperta a tira do pescoço. Ela deve fica alta, tocando a base das orelhas e acima do pomo de adão. Ela tem de ficar apertada o suficiente de maneira que não dê para rodá-la. Já o arco que fica em volta da boca deve permanecer bem solto. O cão deverá consiguir abrir a boca para comer, beber água, latir e até morder. Isso é muito importante, a Gentle Leader não é uma focinheira.

Gentle Leader (vermelha) e enforcador
Gentle Leader (vermelha) e enforcador

Um incidente – Como o objetivo do Meu Filho Cão é trocar experiências reais com outros pais e mães e não vender produtos, devo contar que tive um incidente com a Gentle Leader.

Certo dia, quando já estava bem acostumado com a coleira, o Toddy ficou bravo com dois cachorrinhos que latiram muito pra ele e se soltou. Levei um susto, mas não aconteceu nada. Mas desde esse episódio, orientada por uma adestradora, comecei a usar um enforcador associado à Gentle e deu certo.

O enforcador funciona como um item a mais de segurança e usado junto com a Gentle não causa aqueles enforcamentos horrorosos no cão. Bem, pelo menos comigo, nunca aconteceu. Se o cão puxa, automaticamente, ele vira a cabeça por causa da Gentle, então, não é enforcado bruscamente, como ocorre se você usa só o enforcador.

Se vocês derem uma olhada no site do fabricante da Gentle, vão ver que eles têm uma nova coleira que também promete passeios suaves com o filho cão, a Easy Walk. Nunca testei, mas pretendo comprá-la em breve. Quem sabe é uma solução ainda melhor.

A Gentle oficial é vendida no Brasil pelo site www.bitcao.com.br. Só quero alertá-los que comprei as minhas por meio da adestradora e não pelo site. Então, não conheço a eficiência do vendedor. Ah, e há outros fabricantes de coleiras “tipo” Gentle, mas também não sei se são tão boas quanto as oficiais.

 

Deixe seu comentário!