Clorofila neles!

Vasinhos de plantas comestíveis. Na Cobasi, cada um custa R$ 2,90.
Vasinhos de plantas comestíveis. Na Cobasi, cada um custa R$ 2,90.

Duas coisas sempre me provocaram curiosidade na relação entre os cães e plantinhas e fui atrás das respostas. A primeira é, por que, de vez em quando, eles cismam em comer graminha? E a segunda, aqueles vasinhos de plantinhas comestíveis para cachorros à venda na Cobasi realmente fazem bem?

Bem, vou começar falando primeiro sobre a segunda dúvida porque também é resposta para a primeira. Sim, essas plantinhas são muito boas para a saúde dos nossos peludinhos. Na verdade, segundo um artigo publicado pela Dra Deva Khalsa, especialista em medicina veterinária holística, a clorofila de certas plantas (nem todas são comestíveis!) e também de alguns alimentos contribui para manter a saúde sanguínea dos cachorros, isso porque essa substância ajuda a reabastecer as células vermelhas do sangue.

Além disso, a clorofila também auxilia no combate a infecções, na cura de feridas, na melhora do sistema imunológico e também a desintoxicar não só o fígado como o restante do sistema digestivo, por esse motivo que a maioria dos cachorros quando têm alguma indisposição gastrointestinal recorrem à grama. Taí a resposta para a primeira dúvida.

Brócolis é excelente fonte de clorofila.
Brócolis é excelente fonte de clorofila.

No entanto, apesar de ser bom oferecer algumas plantinhas comestíveis, segundo a veterinária, os peludinhos não conseguem digerir toda a clorofila existente nelas, daí a importância de complementar a dieta deles com outros alimentos que contêm a sustância. Entre eles estão: brócolis, ervilha, aspargos e couve. Você pode prepará-los, por exemplo, no vapor e misturar à ração ou, então, colocá-los em forminhas de gelo, congelar e servir como petisco. Fácil, né?

Quanto às plantinhas, se você não quiser comprar as que estão à venda na Cobasi, você pode plantar trigo em casa. Basta comprar alguns grãos, que podem ser achados em lojas de produtos naturais, plantar num vaso médio, posicionar em um local iluminado e regar. Após uns cinco dias, os brotos já começarão a surgir. Deixe ficar do tamanho de capim e dê ainda verdinho ao seu filho.

Arruda é uma das plantas tóxicas para os cães.
Arruda é uma das plantas tóxicas para os cães.

Agora, atenção! Nem todas as plantas podem ser ingeridas pelos cachorros. Algumas são tóxicas e podem até matar. O site Cachorro Verde fez uma lista delas:

– Alamanda (Allamanda cathartica) – a parte tóxica é a semente.
– Antúrio (Anthurium sp) – as partes tóxicas são folhas, caule e látex.
– Arnica (Arnica Montana) – a parte tóxica é a semente.
– Arruda (Ruta graveolens) – a parte tóxica é a planta toda.
– Avelós (Euphorbia tirucalli L.) – A parte tóxica é toda a planta.
– Beladona (Atropa belladona) – As partes tóxicas são flor e folhas. – antídoto: Salicilato de fisostigmina.
– Bico de papagaio (Euphorbia pulcherrima Wiild.) – A parte tóxica é toda a planta.
– Buxinho (Buxus sempervires) – A parte tóxica é são as folhas.
– Comigo ninguém pode (Dieffenbachia spp) – As partes tóxicas são as folhas e o caule.
– Copo de leite (Zantedeschia aethiopica Spreng.) – A planta é toda tóxica.
– Coroa de cristo (Euphorbia milii) – A parte tóxica é o látex.
– Costela de Adão (Monstera deliciosa) – As partes tóxicas são as folhas, caule e látex.
– Cróton (Codieaeum variegatum) – A parte tóxica é a semente.
– Dedaleira (Digitalis purpúrea) – As partes tóxicas são flor e folhas.
– Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata) – A parte tóxica é toda a planta.
– Espirradeira (Nerium oleander) – A parte tóxica é a planta toda.
– Esporinha (Delphinium spp) – A parte tóxica é a semente.
– Fícus (Ficus spp) – A parte tóxica é o látex.
– Jasmim manga (Plumeria rubra) – As partes tóxicas são flor e látex.
– Jibóia (Epipremnun pinnatum) – A parte tóxica são as folhas, caule e látex.
– Lírio da paz (Spathiphylum wallisii) – As partes tóxicas são as folhas, caule e látex.
– Mamona (Ricinus communis) – A parte tóxica é a semente.
– Olho de cabra (Abrus precatorius) – A parte tóxica é a semente.
– Pinhão paraguaio (Jatropha curcas) – As partes tóxicas são semente e fruto.
– Pinhão roxo (Jatropha curcas L.) – As partes tóxicas são as folhas e frutos.
– Saia branca (Datura suaveolens) – A parte tóxica é semente.
– Saia roxa (Datura metel) – A parte tóxica é semente.
– Samambaia (Nephrolepis polypodium). Existem vários tipos de samambaias e outros nomes científicos. Essa é apenas um exemplo, todas são tóxicas. A parte tóxica são as folhas.
– Taioba brava (Colocasia antiquorum Schott) – A parte tóxica é toda a planta.
– Tinhorão (Caladium bicolor) – A parte tóxica é toda a planta.
– Vinca (Vinca major) – As partes tóxicas são a flor e folhas.

Toddy comendo sua saladinha ;-)
Toddy comendo sua saladinha 😉

8 comentários

  1. Oi pessoal, meu filho Chico,um cãozinho sem graça definida, de seis anos e meio, precisa tomar vermífugo e odeia medicamentos. Está com verme…eu tive de jogar fora 4 comprimidos pois não teve acordo. Li sobre a semente de abóbora.. Vocês teriam informações sobre a eficácia das sementes para expulsar os parasitas? Ah, também gostaria de saber se posso dar a clorofila Graminha na comidinha…. obrigada!!!

    1. Oi, Denise. Td bem? Eu não conhecia esse suposto benefício da semente de abóbora, mas dando uma busca vi que há algumas referências. Porém, sinceramente, não confiei. Lendo algumas reportagens de revistas de saúde vi que a semente de abóbora melhora a função intestinal, só isso. Tem um vermífugo chamado VermKill queé líquido, vem até com uma seringa (http://labovet.com.br/produto/116/vermkill-plus-suspensao). Será que não é mais fácil pra vc administrar? Eu nunca dei pros meus, já que eles sempre tomaram Drontal numa boa, mas pode ser uma tentativa. Veja com seu veterinário 😉
      Quanto às plantinhas, eu curto oferecer separadamente, afinal não é comida. Pra mim, comida é comida, petisco é petisco. Somos rigorosos por aqui *rs
      Boa sorte, e depois me conta qual foi sua solução pro vermífugo. 😘😘😘

  2. Faz ideia do tempo de crescimento da clorofila?
    Pergunto pq minha ideia seria ter algumas em uma pet shop. E, quando papis ou mamis dos dogs autorizarem, deixar eles comer um lanchinho.
    Mas minha dúvida é: quando eles acabarem com um vasinho, demora muito para estar crescidinha de novo?

    1. Oi, Eneias. Desculpe-me pela demora na resposta. Eu pesquisei bastante e acredita que não consegui achar o tempo de crescimento dessa planta. O que descobri é que se trata da gramínea forrageira. Na Cobasi vc encontra sementes dela e pode ser que na embalagem vc ache essa informação. Vou continuar pesquisando e se encontrar a resposta volto aqui.
      Link pra comprar a graminea http://www.cobasi.com.br/graminha-caes-petpira-3238813/p

      😚😚😚

  3. Comprei pras minhas hoje, uma adora as verduras que dou em casa e a outra fica comendo planta na rua, pelo menos essa eh limpinha e adequada pra ingestão, tomara que elas gostem tanto quanto o seu. Adorei as informações

  4. Olá ! Estou dando clorofila para meu gato ..
    só que eu não sei cuidar da planta , ela fica
    Cheia de mosquitinhos .. como faço para
    Cuidar ? Quantidade de água , luz
    O que posso fazer para ela viver mais tempo ?

Deixe seu comentário!