Guia longa, a solução para mais liberdade nos passeios

guiaJá falei aqui no blog que sou contra andar com os cachorros sem guia. Mesmo que sejam adestrados, acho que eles podem se assustar ao ouvir um barulho forte, como fogos, ou serem atraídos por outro bicho. Porém, sempre fiquei com dó dos meus porque eles não tinham muita liberdade para interagir com outros cachorros, especialmente, quando estão em um pequeno parque perto de casa. Então, fui em busca de uma solução e a que encontrei foi usar uma guia longa.

O legal da guia longa, as minhas têm 10 metros, é que você pode deixar seu peludinho brincando mais livremente com segurança. Claro, numa praça pequena você tem de tomar cuidado para que ele não consiga chegar até a rua, mas em parques, o uso dela é totalmente seguro.

Você também pode usar o acessório para treinar o comando “vem”. Para ensiná-lo, literalmente, dê bastante corda para ele, ou seja, deixe a guia bem livre, mas presa à coleira e à sua mão. Quando ele estiver distraído, diga bem alto “vem” e o nome do cãozinho. Se ele vier, faça bastante festa e dê uma recompensa, como um petisco. Se você estiver com dificuldade apenas com o uso da palavra “vem”, pode, ao mesmo tempo que falar, bater duas vezes vigorosamente nas coxas para empolgá-lo a voltar.

Só um cuidadinho, não associe a palavra “vem” com situações ruins. Por exemplo, o peludinho está super à vontade na cama e você fala “vem” para tirá-lo. Ele nunca virá se você chamá-lo num parque com um monte de coisas legais. Se já usa o “vem” nessas situações, pode, então, falar a palavra “aqui”.

O passo seguinte será mostrar até onde ele pode ir. Para isso, quando ele se afastar mais do que deveria pise na guia. Ocorrerá um tranco, em seguida, faça o comando “vem”.

Se seu filho cão for do tipo que pega a bolinha, mas em vez de trazer de volta, sai correndo em outra direção, use a guia para puxá-lo aos poucos até você. Se ele soltar a bola no meio do caminho, não importa, continue a brincadeira, faça muita festa cada vez que ele se aproximar.

Onde comprar – Eu comprei as minhas guias com um vendedor do Mercado Livre chamado Líder da Matilha. Paguei R$ 45 por cada uma e R$ 15 de frete. Gostei, chegou rapidinho. E existem outros vendedores na internet, é só procurar por “guia longa”.

E, por fim, só um alerta. Certa vez, eu esfolei meus dedos quando o Theo deu um puxão na guia longa. Isso ocorreu, acredito, porque minha pele é muito fina. Então, hoje uso luvas de ginástica quando estou os levando com esse acessório. Mas se você não tiver as luvas, pode também proteger os dedos com esparadrapo.

Vencedores do sorteio dos calendários Celebridade Vira-Lata

toddy_valeOi, tios e tias. Eu ajudei a mommy a sortear os calendários Celebridade Vira-Lata e já temos os vencedores. São eles a Jéssica Finsterbusch e o Lucas Fernandes Pasquini. Eeee, parabéns! Certamente, vocês vão adorar o calendário, que tem vários vira-latinhas lindos iguais a mim.

De acordo com as regras do sorteio, a primeira sorteada, que foi a Jéssica, ganhará o calendário de parede, e o segundo, o Lucas, o de mesa. A mommy irá entrar em contato com os dois por e-mail para pegar os endereços e enviar o prêmio :-).

Sorteio do 1o. calendário

1_sorteiojessica

 

 

 

 

 

 

Sorteio do 2o. calendário

2_sorteiolucas

Sorteio de calendários Celebridade Vira-Lata

DJ_calendárioOi, tios e tias. Seguinte, a mommy vai sortear aqui no blog dois calendários Celebridade Vira-Lata, um de parede e um de mesa. É que ela já havia comprado três quando ganhou esses dois lá no trabalho dela. São lindos, com vários vira-latinhas fofos iguais a mim :-).

Bem, para participar é facinho. Basta enviar seu nome completo e e-mail pelo formulário aí embaixo. Você pode participar até as 10 horas da próxima quinta-feira (23).

Logo depois, a mommy fará o sorteio. O primeiro sorteado vai ganhar o de parede e o segundo, o de mesa. A mommy vai divulgar o resultado aqui e depois entrará em contato via e-mail com os ganhadores para pegar o endereço certinho e enviar os calendários.

Vamos lá? Certeza que vocês vão adorar ter esses cachorrinhos fofos enfeitando sua mesa de escritório ou a parede de casa.


Agora se você quiser ajudar os peludinhos comprando o calendário, basta acessar esse link.

Comparação de tapetes higiênicos

Eu como uma feliz mãe de três filhos machos, tornei-me uma especialista no assunto xixi. Na minha casa, dois produtos não podem faltar: jornal e tapetes higiênicos. É que como moro em apartamento, tenho de usar os dois para manter a higiene da casa.

Bem, por conta dessa necessidade, já testei boa parte das marcas de tapetes higiênicos e vou compartilhar com vocês a minha opinião.

A lista vai do que eu considero o melhor para o que eu considero o pior *. Sempre uso os maiores tamanhos, então, foram esses os avaliados**.

Veja a avaliação dos tapetes higiênicos

Tapete-Higienico-Mega-Cao-ArrayanesTapet Mega Cão – É o meu preferido. O maior tamanho que eles possuem 80 cm x 62 cm atende super bem as necessidades dos meus filhos, que são dos tamanhos médio e grande. A fixação das fitas é excelente. Aliás, essa é minha maior necessidade porque como moro numa casa pequena não tem como usar um produto que fica “dançando” no chão. A absorvição é ok, não é a melhor do mercado, mas o xixi não vaza. Consigo usar até por dois dias sem trocar. Recomendo.
Preços (30 unidades):
Cobasi: R$ 49,80
Pet Center Marginal: não tem
Petlove: não tem

Tapete-Higienico-Petlimp-8un-62-x-80-cmPetlimp – O tamanho é bom, 80 cm x 62 cm, o mesmo do Mega Cão. A fita fixa super bem, mas o produto peca na absorvição. Houve dias que tive de trocar o tapete mais de uma vez. Ou seja, se você não tem tempo, como eu, de ficar trocando o tapete não vale a pena. Além disso, quanto mais trocas, mais despesa, né?
Preços (30 unidades):
Cobasi: R$ 48,30
Pet Center Marginal: não tem
Petlove: não tem

Tapete-Higienico-uso-diario-Dogs-Care-7unidsDog’s Care – A absorvição do tapete Dog’s Care é excelente, fiquei impressionada. O maior tamanho não é lá tão bom 70 cm x 55 cm, porém o produto falha mesmo é na fixação das fitas. Gente, não gruda no meu piso de porcelanato. Uma pena.
Preços (30 unidades):
Cobasi: R$ 49,99
Pet Center Marginal: não tem
Petlove: não tem

Super-Secao-7-UnidadesSuper Secão – O pior, na minha opinião. Ele tem dois problemas graves, um é na absorvição, que considero bem ruim, e outro nas fitas, que não grudam. A única característica boa é o tamanho 80 cm x 60 cm. Não recomendo.
Preços (30 unidades)
Cobasi: não tem
Pet Center Marginal: R$ 44,90
Petlove: R$ 44,90

 

* Dei link para os sites da Cobasi e Petlove porque não achei alguns produtos nos sites das empresas fabricantes.

** Os preços são apenas dos tamanhos que eu uso e foram pesquisados no dia 11 de janeiro de 2014.

Kong, um brinquedo que todo cachorro deveria ter

foto (5)Acho que vocês já perceberam que adoro variar os brinquedos que dou para os meus filhos cães. É que, além de já ter lido muito sobre os benefícios das brincadeiras para os cães, sempre penso que chato deve ser para eles ficar sem fazer nada. Afinal, eles não acessam o Face, não veem TV, não leem…

Bem, já ensinei a montar alguns brinquedinhos com material reciclado garrafa, caixa, rolos, mas até hoje não havia comprado um brinquedo que é extremamente recomendado pelos adestradores, o Kong. Trata-se de um brinquedo de borracha resistente, com interior oco onde podem ser colocados petiscos, ração ou material impregnado do odor que o cão deve identificar durante a sua busca.

kong_recheioO legal do Kong é que ele não é apenas um brinquedo, você pode usá-lo para dar parte do alimento diário para o seu filho. Nessa primeira vez, vou utilizar a receita dessa foto ao lado, que peguei no site da Bitcão. Aliás, comprei o brinquedo lá, mas já vi também em lojas como a Cobasi. Vamos lá:

1) Para preencher o buraquinho, eu coloquei um bifinho de carne.

2) 1/3 do kong, recheei com uma mistura de bifinhos e biscoitos picados

3) Em seguida, preenchi o restante (2/3) com uma mistura de patê e ração seca

4) E, por fim, coloquei um dois biscoitões para fechar o buraco maior e chamar a atenção deles. Como se precisasse *rs*.

 

Passo a passo de como recheei o Kong
Passo a passo de como recheei o Kong